Cancelamento de Passagem Aérea: Saiba como Pedir Reembolso    

Os imprevistos infelizmente são comuns e acontecem para qualquer pessoa. Seja por um motivo familiar, pessoal ou profissional, o que importa é que eles desfazem nossos planos e, em alguns casos, geram uma série de transtornos.

O cancelamento de passagens áreas é um grande exemplo disso. Caso não seja realizado da forma correta, pode significar a perda de todo o dinheiro investido. Porém, quando feito no tempo certo, é um ato bem simples e rápido.

Sabendo disso, citamos aqui tudo que você precisa saber sobre como fazer o cancelamento da sua passagem aérea. Desse modo, você não corre o risco de não receber seu reembolso corretamente. Confira abaixo!

O tempo correto para pedir reembolso

Receber o dinheiro das passagens de volta é um direito de todo consumidor, desde que o pedido seja realizado no tempo correto. Cada companhia adota seus prazos específicos, sendo assim, vale fazer uma pesquisa antes de solicitar.

Em casos onde a passagem é comprada de maneira antecipada, a grande maioria adota o período máximo de 24 horas após a confirmação de compra para devolução do pagamento. Isso para pedidos realizados com mínimo de 7 dias antes da viagem.

No entanto, nem sempre pode-se contar com a devolução do valor integral. Algumas companhias retém uma porcentagem referente as tarifas e a reserva parcial do assento. Para garantir um reembolso de 100% do valor, a melhor opção é ler as políticas da companhia antes de fechar a compra.

Quanto tempo demora para cair o reembolso?

Tendo em vista que o cancelamento do pedido foi realizado no tempo hábil para a devolução do dinheiro, tem-se a certeza que o reembolso será realizado. Porém, isso não significa que o valor será depositado imediatamente na conta do comprador. O tempo para entrega varia de acordo com a forma de pagamento original escolhida para as passagens.

Quem faz o pagamento a vista possui a devolução no menor tempo. Após ter-se a confirmação do cancelamento, o valor volta direto para a conta de origem. Já os adeptos do cartão de crédito demoram mais para receber o que é seu por direito. Comumente, o preço das passagens é descontado no valor da próxima fatura.

O cartão de débito, por sua vez, também não precisa esperar, sendo que o dinheiro também volta para a conta de origem.

O caso mais complicado é o de quem paga através de agências de viagens. Normalmente a empresa estabelece prazos diferenciados para cancelamento, bem como uma série de taxas adicionais. Sendo assim, cancelar só é uma opção para quem realmente não poderá viajar e desistir deve ser uma medida de últimos casos.

Algumas companhias aéreas adotam também o formato de não devolver o dinheiro, mas mantê-lo em crédito para a compra de outros bilhetes no futuro.

Caso essa seja a opção designada a você, exija uma comprovação escrita da quantidade de créditos recebidos e seu prazo de validade. Desse modo, adquire-se uma garantia maior de aproveitar a quantia já investida.

Com todas essas dicas, caso precise realizar o cancelamento do seu voo, com toda a certeza conseguirá receber o dinheiro de volta. Se esse direito for negado, não se esqueça que acionar o PROCON e exigir seu reembolso sempre é uma opção que traz o retorno desejado!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *