Dicas de como aproveitar mais a gastronomia em suas viagens

Quando nos preparamos para viajar, ficamos ansiosos e realizamos diversas pesquisas, mas um dos fatores que damos menos importância é a comida, ou seja, como é a gastronomia do local que vamos visitar. Não deixe essa parte de lado, ela é muita importante para enriquecer a sua experiência em lugares ao redor do seu país e do mundo. Conheçam algumas dicas de como aproveitar mais a gastronomia em suas viagens.

Como aproveitar a gastronomia em viagens?

Em relação à comida, estamos acostumados com a culinária típica da região em que moramos, pois no mercado compramos kit lanches  para fazer sanduíches, molhos e embutidos, mas em outros locais, o que era um simples sanduíche para nós, pode ser totalmente diferente para outras pessoas que residem em territórios estrangeiros, por exemplo.

O mesmo pode acontecer conosco ao conhecer novos lugares, nos surpreender com a culinária e alimentos exóticos. Confira a seguir quais as dicas essenciais para aproveitar a gastronomia em viagens:

Tenha a mente aberta para novas experiências

Você deve sempre manter a mente aberta ao viajar. A comida é uma maneira de conhecer a cultura do lugar onde está, portanto, é preciso viajar disposto a experimentar coisas novas.

Lembre-se que rejeitar a comida oferecida pelos habitantes locais pode ser uma ofensa.

Cuidado com alimentos picantes

Em alguns países e regiões do Brasil, as pessoas adoram alimentos picantes, ou seja, com diferentes tipos de pimentas, as quais podem ser bem fortes.

Se você não gosta de pimenta, o ideal é sempre perguntar se esse ingrediente está incluso na receita, pois pode ser que ao provar se surpreenda e acabe por provar algo insuportavelmente apimentado.

Para quem gosta de pimentas, há locais em que pode experimentar os diversos tipos, como pimentas em conserva ou molhos. Mas, vá com calma!

Aproveite os mercados tradicionais da região

Os mercados tradicionais são o centro da vida social em muitas aldeias. Neles você pode descobrir os alimentos mais comuns de cada cultura, suas especiarias ou produtos caseiros. É também uma oportunidade única de interagir com as pessoas locais.

Descubra quando é o grande dia de mercado, já que em alguns lugares geralmente coincide com feiras de gado, alimentos, festivais de doces, e outros.

Lembre-se da primeira dica: abra a mente e o paladar. Especialmente em alguns mercados onde você pode encontrar alimentos para os quais não está preparado socialmente. Por exemplo, no mercado de Tomohon (Indonésia), podemos ver morcegos e cães preparados para serem cozidos.

Você pode não estar disposto a experimentar esse tipo de comida e fechar o paladar, mas deve abrir sua mente para diferentes costumes e culturas.

Alimentos bem cozidos

No Sudeste Asiático, é muito comum encontrar bancas nas ruas para comprar comida.

Em muitas cidades costeiras, você pode comer peixe do dia a um preço muito bom nas bancas das ruas. Essa é uma verdadeira iguaria, mas, como em tudo, devemos ter algumas precauções.

Como nos mercados, geralmente não há geladeiras e tudo permanece com blocos de gelo, às vezes até sem eles. Para evitar comer peixe em mau estado, preste atenção para nos olhos do peixe, os quais não podem estar vidrados. Essa dica é importante para comprar peixes em mercados, por exemplo.

Opte por peixe bem cozido, para evitar qualquer problema de intoxicação alimentar.

Isso também é aplicável nos mercados de rua na Tailândia. Consuma alimentos sempre nos locais onde estão cozinhando e não nos quais a comida já foi preparada há algum tempo.

Quanto aos vegetais, lembre-se de lavá-los com água potável. Nos países tropicais, você pode comprar frutas muito saborosas em qualquer barraca de rua. Manga, coco, maracujá, abacaxi, entre outras. Ambas são uma delícia, mas lembre-se de descascar a fruta antes de consumi-la.

Independente do local, precisamos nos certificar de que alimentos como carnes, estejam bem cozidos. Frutas lavadas e buffet servido recentemente.

Vá aos lugares com maior fluxo de pessoas

Normalmente, se existem vários restaurantes que não conhece, o ideal é entrar onde há o maior fluxo de clientes.

As pessoas costumam voltar onde há comida é de qualidade a um bom preço. Comer onde há pessoas locais significa comer bem e barato.

Além disso, nos restaurantes da população local, podemos observar seus costumes na hora do almoço e interagir com eles. Em alguns lugares da Ásia, é normal compartilhar mesas na rua, então aproveite a oportunidade para conversar com os habitantes locais enquanto desfruta de sua refeição.

Cuidado com as bebidas

Sempre beba água engarrafada, pois a qualidade da água da torneira em muitos lugares é muito ruim; portanto, a menos que você a tenha muito claro, não beba água da torneira e evite gelo. Isso evitará algumas visitas ao banheiro.

Algumas doenças como febre tifóide e cólera são causadas pela ingestão de água ou alimentos estragados. Portanto, consuma alimentos em locais que possuam higiene básica, barracas com a comida bem cozida, etc.

 Seguindo essas dicas você poderá aproveitar a gastronomia de suas viagens e ter experiências enriquecedoras.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *